EM TEMPO RECORDE Governo lança maior campanha de vacinação da história do Estado

Menos de um mês após o início do surto de sarampo, foram mobilizados centenas de agentes de saúde para a ação.

Apenas 21 dias após o início do surto de sarampo em Roraima, o Governo do Estado conseguiu mobilizar municípios, Governo Federal e organismos internacionais de saúde para a maior campanha de intensificação vacinal já realizada em Roraima. A meta é vacinar todas as pessoas de seis meses a 49 anos de idade, entre brasileiros e imigrantes venezuelanos, que não tenham sido vacinados, número estimado em até 400 mil pessoas.

A campanha foi lançada nesta quarta-feira (7) pela governadora Suely Campos, que embora reconheça a grandiosidade do desafio, afirma que o Estado está preparado para esta batalha. “Não podemos deixar que Roraima sofra uma grande epidemia, por isso, precisamos que todos os municípios se envolvam nesta campanha para mobilizar toda a população”.

Neste sábado será o dia D da campanha, com a garantia de 100 mil doses que já estão em Roraima e de outras 50 mil a caminho. Serão 130 pontos de vacinação em todo o Estado, com o envolvimento direto de mais de 600 pessoas nas equipes de imunização.

O Governo garantiu todo o material necessário para a campanha, desde as doses e seringas para aplicação das vacinas, até camisetas, bonés, cartazes, faixas e outdoors para ajudar os municípios a mobilizar a população.

O Ministério da Saúde e a Opas/OMS (Organização Pan-americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde) estão dando total apoio à ação, incluindo a contratação de 60 vacinadores para apoiar os agentes municipais.

Cada município trabalhará suas estratégias para atingir o público. Na capital serão abertos postos volantes em locais de grande aglomeração de pessoas como feiras e shoppings, de acordo com a necessidade. Os municípios do interior também terão, além dos postos de saúde, pontos volantes para vacinação nas vilas mais distantes da sede. Ao longo da campanha, novas estratégias serão traçadas para vacinar a maior quantidade possível de pessoas.

Ao final dos 30 dias de campanha, será realizada uma busca de casa em casa por pessoas não imunizadas, por meio das equipes da Estratégia Saúde da Família.

CASOS – O secretário estadual de Saúde, Marcelo Batista, enfatizou a importância da mobilização de toda a população para a campanha. “É uma doença altamente transmissível. Até o momento já temos um total de 37 casos notificados, dos quais 8 já foram confirmados. Por isso é importante que toda a população se vacine para evitarmos uma epidemia no nosso Estado e no Brasil”.

PLANO EMERGENCIAL – A vacinação faz parte do plano emergencial de enfrentamento do surto de sarampo lançado pelo Governo do Roraima. Além da vacinação, o plano envolve ainda ações para treinamento das equipes de saúde dos municípios e unidades estaduais, fortalecimento da rede de laboratórios para além do melhorar o diagnóstico, como coleta e fluxo treinamentos, além da implantação de uma sala de vacina na fronteira Brasil/Venezuela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Traduzir »