Presidente do Sindsep se reúne com profissionais da Saúde Indígena para repassar informações de Brasília

Por José Vilela (Texto e foto)

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Roraima  (Sindsep-RR), José Carlos de Oliveira Gibim, se reuniu na manhã desta sexta-feira (9/03) para repassar informações de uma reunião que ele participou no Ministério da Saúde em Brasília, na quarta-feira (7/03), sobre a jornada de trabalho dos profissionais da Saúde Indígena que prestam serviço na Casa do Índio (Casai).

Gibim esclareceu que o impasse instalado na Casai começou com a notícia de implantação do relógio de ponto eletrônico, atendendo a uma determinação do Ministério Público Federal (MPF), que obriga os servidores a cumprir 40 horas de trabalho, por semana, quando eles trabalham numa unidade de apoio à saúde indígena, que funciona como hospital, onde atualmente eles cumprem jornada de trabalho ininterrupta de 30 horas.

Na reunião de hoje foi criada uma comissão de servidores que, com participação da direção do Sindsep-RR, vai buscar apoio junto ao Ministério Público Federal e Ministério da Saúde, com o objetivo de que seja feita uma portaria específica para atender os servidores da Casai, reconhecendo seu direito a uma carga horária de 30 horas e não de 40 horas, conforme acontece com os profissionais que exercem atividades hospitalares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Traduzir »