SENAC: De Hobby a Profissão Principal

Por Nayra Wladimila  – Comunicação Senac RR

O sonho da mãe de Rafaele Oliveira, 25, era vê-la formada em Direito, mas a filha preferia os números, obtendo um diploma de Ciências Contábeis em 2015. O trabalho na iniciativa privada e os cuidados com sua bebê recém-nascida apontavam para uma vida comum de uma contadora. Mas ela tinha um hobby: a maquiagem, que aos poucos tomou o espaço da calculadora no seu dia-a-dia.

Pintar a si mesma era algo de que Rafaele gostava desde criança, cuja prática a fez começar a produzir suas amigas na juventude. Era delas que ouvia: “Rafa, por que você não faz um curso de maquiadora profissional?”, ao que ela respondia: “é, pode ser”, sem levar muito a sério. A essa altura, ela sabia o suficiente para embelezar suas conhecidas, mas ainda não tinha condições de se considerar profissional.

O empurrão que lhe faltava foi uma delas ter se matriculado nos cursos de “Alongamento de Cílios” e “Modelagem e Henna para Sobrancelhas” no Senac. Foi quando Rafaele Oliveira decidiu aprender os dois, e ainda uma técnica semelhante à depilação egípcia: “Depilação com Linha”, também na nossa instituição. Mas sempre torcendo pela abertura de uma turma de “Maquiadora”. Enquanto isso, atendia a domicílio, mas começou a ter dificuldades com as clientes que se encaixavam nos horários e passou a atender em seu próprio quarto.

Veja as próximas turmas dos cursos “Técnicas de Depilação” e “Modelagem e Henna para Sobrancelhas”

Em setembro de 2017, a turma finalmente foi anunciada. “Pensei: Meu Deus do céu, mas é lá na (unidade) Asa Branca! Longe! Por sorte, eu conhecia alguém que também ia fazer e dividimos a gasolina. Agora iria para a frente! Eu tinha muito o que aprender”, recordou com um sorriso. Tanta espera valeu a pena: durante três meses, nas tardes de segunda a quinta, a moça tomou notas sobre tipos de materiais – “achava que pincéis fossem todos iguais!”, diverte-se -; melhores marcas; camadas; tons de blush; técnicas, como pôr cílios; os valores dos serviços de maquiagem; além de dicas de onde encontrar os produtos. “São detalhes que para um profissional contam e muito, porque é o que faz as pessoas nos procurarem”, explicou.

Rafaele então comprou espelho, maca e hanglight (luminárias usadas em estúdios e camarins), além de materiais de marcas que não conhecia, especialmente de pincéis e tons de base. As maquiagens ela encontra na própria capital Boa Vista, com fornecedoras que vendem inclusive materiais importados. Mas há muita coisa que ela prefere pedir online, devido aos preços mais acessíveis. O seu investimento total foi por volta de R$2500, incluindo o valor do curso do Senac.

Sua filha de três anos, que estuda em uma escolinha de manhã, precisou retornar à tarde enquanto a maquiadora estava na unidade Asa Branca. Apesar da dificuldade, a jovem sempre teve uma grande incentivadora: sua mãe. “Ela sempre me apoiou em tudo, dizendo que aos poucos vamos crescendo, que é preciso ralar muito até se ter um nome. No final, a minha experiência no Senac foi a melhor possível”, conta a maquiadora.

Resultados

Por meio de divulgação boca a boca e postagens nas redes sociais, ela pulou de amigas suas como clientela para parcerias em eventos como os Jogos de Verão 2018, Miss Roraima 2019 e Miss Roraima Plus Size 2018. Tudo conseguido por meio de contatos iniciais feitos pelo Senac, e pelo seu próprio esforço em buscar parceiros influentes.

Siga Rafaele Oliveira no Instagram

“Foram os coordenadores do Plus Size que me convidaram para ser uma das maquiadoras oficiais e ainda ser um dos jurados. Nos Jogos de Verão, um menino que eu produzi venceu a competição de Mister e o outro ficou em terceiro lugar. Fiquei muito feliz. Percebi que amo o que faço, que me sinto realizada em saber que contribuí para que alguém conquistasse um prêmio, eles me agradeceram muito na hora e até hoje, me marcando em postagens”, orgulha-se.

A própria modelo que ela embelezava durante esta entrevista, Amanda Gabrielly, candidata ao Miss Roraima 2019, a conheceu quando Rafaele fazia os detalhes finais de sua maquiagem nos Jogos de Verão deste ano. “O maquiador dela era outro, mas tivemos tanta afinidade que ela se tornou minha parceira e veio aqui hoje”, disse.

Atualmente, a maioria de suas produções são para festas como noivados e debutantes, sendo que ela tem recebido pedidos para o carnaval. Com o estúdio funcionando dentro do seu quarto, com planos de mudar para um aposento maior, ela tem tempo para ajudar nas tarefas de casa, cuidar de si mesma, estudar e ficar com a filha. Uma qualidade de vida que ela não encontraria em um emprego convencional como contadora, tendo que ficar na rua de 8h às 18h.

Inclusive, ela está gostando tanto de ser maquiadora, que nem sabe quando voltará para sua antiga profissão. “É uma área da qual gosto muito, assim como tenho vontade de um dia realizar a vontade da minha mãe e estudar Direito. Mas é um pensamento para o futuro. Pretendo ficar na maquiagem”, anuncia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir »