Sinter realizou reunião para tirar dúvidas sobre Reconhecimento Saberes e Competências dos professores federais

Por Pablo Sérgio

Diante de algumas informações contraditórias que estariam circulando nas redes sociais sobre o andamento dos procedimentos sobre a ação de Reconhecimento Saberes e Competência que vai beneficiar cerca de 800 professores de Roraima, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Roraima (Sinter) promoveu uma reunião conjunta – na última terça-feira – entre os professores interessados oe grupo de trabalho visando esclarecer dúvidas e informar os passos que estão sendo dados em relação ao assunto.
De acordo com o professor Jefferson Dantas, que representou a direção do Sinter na reunião, a entidade tem mantido uma postura de apoio incondicional para todos os pleitos legítimos dos trabalhadores em educação, sejam eles federais ou estaduais e no caso da reivindicação dos professores federais que pleiteiam o Reconhecimento Saberes e Competência, não poderia ser diferente.
“Convocamos esta reunião para que todos os interessados pudessem tirar suas dúvidas quanto ao andamento desse pleito junto ao Ministério do Planejamento e ao mesmo tempo para reafirmar o compromisso do Sinter com essa reivindicação que entendemos ser justa e legítima. Além disso, foi uma oportunidade para que os membros da comissão que representam os professores fizessem uma explanação do trabalho realizado até agora”, esclareceu Jefferson Dantas.
Por sua vez, o presidente da Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD), José Ricardo Bortolon, fez um resgate histórico dos trabalhos realizados pela comissão desde a sua constituição.
Segundo ele, os professores serão avaliados sistematicamente de acordo com os cargos e interstícios e o próximo passo será encaminhar os processos para os avaliadores. Entretanto, esclareceu que esses procedimentos ainda dependem de uma legislação normativa sobre a regulamentação dos avaliadores, tendo em vista a publicação do edital em andamento que se refere ao processo eleitoral para as CPPDs dos ex-territórios do Amapá, Rondonia e Roraima.
“Em nome da CPPD agradecemos todo o apoio que a direção do Sinter tem dado para que possamos realizar o nosso trabalho em benefício dos cerca de 800 professores que serão beneficiados. Estamos empenhados para que superadas essas etapas pendentes até o final do ano consigamos atingir nossas metas”, destacou o presidente da CPPDs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Traduzir »