ETNOTURISMO: Termina hoje a oficina sobre a implantação do turismo em terras indígenas

Por ANDRIELLY LIMA – Foto: Raimundo Lima

 O objetivo principal da capacitação foi promover o conhecimento a respeito do turismo em terras indígenas

Representantes de comunidades indígenas, autoridades e sociedade participam desde quarta-feira, dia 23, da  Oficina Estadual de Politicas Indígenas, evento que tem como foco debater a abertura para o turismo em comunidades indígenas. O evento termina hoje no Auditório Alexandre Borges, na Universidade Federal de Roraima (UFRR), com palestras no período da manhã e tarde.

O objetivo principal da capacitação é promover o conhecimento a respeito do turismo em terras indígenas, suas especificidades, desafios e oportunidades enquanto meio de autonomia dos povos, a fim de instruir aos lideres das comunidades, bem como outros interessados, em trabalhar futuramente com a atividade deste segmento de mercado.

Para Dilso Igarikó, secretário da SEI (Secretaria Estadual do Índio), este curso irá proporcionar aos povos indígenas conhecimento para recepção do turista, geração de renda e preservação da cultura e do meio ambiente. “Temos uma riqueza enorme de beleza e cultura em nossas comunidades, queremos mostrar isso aos turistas, mas sempre preservando o bem estar das famílias e o meio ambiente da comunidade”, ressaltou.

As iniciativas de etnoturismo e de ecoturismo em terras indígenas serão assessoradas pela Funai (Fundação Nacional do Índio). De acordo com Gilmar Pinto, indigenista especializado da fundação, as comunidades têm autonomia para explorar projetos de turismo em seus territórios, cabendo ao poder público o papel de capacitar, monitorar e fiscalizar as atividades nas aldeias.

“Essa parceria da Funai com o turismo em terras indígenas, irá acima de tudo, contribuir para que os indígenas estejam assegurados sobre o que mudará em suas comunidades, além de capacitá-los e oferecer um assessoramento em todas as áreas necessárias para que este projeto possa ser colocado em pratica”, explicou.

Altevir de Souza, presidente da Sodiurr (Sociedade de Defesa dos Índios Unidos do Norte de Roraima), ressaltou que o turismo irá trazer vários benefícios a todas as comunidades. “Estamos no início de um trabalho, que começa com essa discussão que o curso propôs. A ideia é que as comunidades, a partir de agora, desenvolvam os projetos que discutiram e se articulem, para que as comunidades ganhem a visibilidade necessária. Isso contribuirá para uma grande melhora na economia das comunidades por meio da agricultura, artesanato entre tantas coisas” finalizou.

 

Confira a programação de hoje do curso:

25.05.2018 – SEXTA-FEIRA

Local: Secretaria de Estado do Índio

8h30 – Formação de grupos de trabalho para apresentação de propostas

Facilitadores: Equipe do Curso de Turismo da UERR

12h – Intervalo para o almoço

14h – Apresentação em plenária dos grupos de trabalho

17h – Avaliação final do evento

18h – Encerramento

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Traduzir »