Sampaio emite nota de apoio para Suely Campos e ao povo de Roraima contra mentiras divulgadas pelo Governo Federal

Após uma série de informações desencontradas e inverídicas divulgadas pelos ministros do Governo Federal para justificar a crise migratória em Roraima, responsabilizando o Governo do Estado e o povo roraimense pelos acontecimentos ocorridos recentemente no município de Pacaraima, quando os moradores revoltados com a situação caótica decidiram por conta própria expulsar os venezuelanos daquela localidade, o deputado estadual Soldado Sampaio decidiu emitir nota de apoio para a governadora, Suely Campos (PP) e ao povo de Roraima.

Na nota, o parlamentar disse que a responsabilidade pelo caos existente em Roraima é em decorrência da omissão do Governo Federal em cumprir suas obrigações constitucionais no acolhimento aos refugiados venezuelanos, sobrecarregando os serviços ofertados pelo estado para atendimento da população roraimense.

Na avaliação do parlamentar, segundo a nota, “Ao mesmo tempo em que tentam desmoralizar o governo local perante a opinião pública brasileira e mundial, buscam fomentar o caos com o objetivo único de favorecimento eleitoral do grupo político local que fazem parte do Governo em âmbito Federal, utilizando a máxima de “quanto pior, melhor”, liderados pelo senador Romero Jucá”, ressaltou Soldado Sampaio.

Ele disse ainda que “o descaramento dos ministros é grande, pois além de mentir sobre questões básicas que são de fácil comprovação, tentam a qualquer custo acusar indevidamente o Governo de Roraima, chegando ao cúmulo do ministro Raul Jungmann afirmar que a crise migratória se dá em função de um suposto desvio de recursos do Fundo Penitenciário na ordem de 40 mi, quando essa afirmação não é verdadeira, dentre tantas outras amplamente divulgadas pela mídia nacional”, destacou.

Sampaio lembrou que a governadora Suely Campos já comprovou de imediato que a afirmação do ministro nada mais era do que mais uma mentira para responsabilizar de forma oportunista e eleitoreira o Governo do Estado por uma situação que foge às responsabilidades constitucionais do Estado de Roraima.

Ele disse também que, sendo aliado ou não da Governador Suely Campos, é necessário reconhecer o empenho do Governo do Estado em buscar soluções para o problema, com infindáveis pedidos ao Governo Federal para que assuma suas responsabilidades constitucionais e até mesmo ingressando com ação judicial em busca de socorro, sem deixar de prestar o atendimento em todas as esferas – e da melhor forma possível – para as milhares de famílias venezuelanas que aqui se instalaram, comprometendo, inclusive o serviço ofertado ao povo roraimense.

Em função disso, Soldado Sampaio disse que “Não poderia deixar de expressar o meu apoio, a minha solidariedade, ao esforço supremo implementado pela Governadora Suely Campos em buscar solucionar o problema e exigir que o Governo Federal assuma suas responsabilidades, antes que os conflitos ocorridos em Pacaraima se reproduzam nas ruas de Boa Vista, gerando mais sofrimento e dor para todos que aqui residem”, ressaltou.

“Governadora Suely Campos, conte com o nosso apoio na defesa dos interesses do povo de Roraima. A senhora não está sozinha nessa luta para reestabelecer a paz, a harmonia, e a qualidade de vida de nosso povo não merece o que estamos vivendo e entendemos que a responsabilidade por acolher e prestar toda a assistência necessária aos venezuelanos não é exclusiva do Estado de Roraima e muito menos do seu povo, mas do Governo Federal, dos demais estados do Brasil e da sociedade brasileira como um todo”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Traduzir »