Uma aula de inovação e conhecimento

Por: ASCOM-SENAC-RR

Encontro de Moda Senac apresentou as micro e macro tendências para 2019 por meio de desfiles e abordagem da história e o futuro do segmento no mundo, reunindo empresários, influenciadores digitais e instituições no Sesc Orla. 

Tapete vermelho, holofotes e muita elegância marcaram o Encontro de Moda Senac, na noite do último dia 20 no restaurante Sesc Orla, no Centro de Boa Vista. A instrutora de Moda e palestrante no evento, Jéssica Alves, idealizou o Encontro juntamente com a coordenadora de Saúde e Bem-Estar, Bibiana Uchôa. A intenção era a de contextualizar a Moda e suas tendências para este ano, além de apresentar o trabalho desenvolvido pelo Senac e como ele pode capacitar o setor para que hajam cada vez mais profissionais qualificados no mercado local.

Fechado o público, o Encontro contou com a presença das lojas Arco-Íris, Uatt?, Baby Kit, Menina do Rio, O Nordestão Magazine, Feirão dos Tecidos, Confecções Vitória, Fino Trato, Studio N, Maria Maria, Armarinho Trindade, Nanda Tecidos, Fênix Modas, Lojita Modas, Propriedade Masculina, La Boutique; do Sesc e do Sesi; e dos influenciadores boa-vistenses Luiz Guilherme, Victor Paulino e Damylla Branco.


Foto: Yanna Mesquita/Comunicação Senac RR

Novos tempos

Jéssica falou rapidamente sobre a Moda como representação da cultura de um povo, a sua história no Ocidente, principalmente a partir de 1910, época em que se intensificaram as roupas industrializadas, que permitiram que muitas pessoas usassem as mesmas vestimentas e que proporcionariam a fase mais criativa da Moda em toda a sua existência.

Os principais acontecimentos culturais de 2018 que impactaram a indústria da confecção também foram lembrados, como filmes, músicas e o uso dos tons neons. Jéssica então entrou no ano de 2019, que terá o reforço do Minimalismo (o movimento em que se consome menos e também se utiliza menos detalhes nas vestes, com foco no desenvolvimento sustentável e na simplicidade), do Futurismo (tecnologias como robôs utilizando marcas), do estilo de vida da Geração X (os nascidos a partir de 1995) e da sustentabilidade no geral.

Empresas que reutilizam retalhos para confeccionar sapatos novos e estilosos, ou que procuram abandonar materiais descartáveis como os absorventes, foram citados. Quando falou sobre as apostas de cores e estilos das macro e micro tendências de 2019, Jéssica exemplificou com imagens e também com os desfiles das modelos do promotor Jan Azevedo, que contaram com tapete vermelho e a animação da plateia.

A instrutora também apresentou fotos de trabalhos desenvolvidos dentro dos cursos de Moda do Senac, como o ensaio e confecção de roupas para portadores de necessidades especiais e para crianças em situação de vulnerabilidade e o workshop sobre estilo realizado na loja Carmen Steffens. Mostrou, assim, a importância dos cursos voltados para o público e também para os empresários.

“A Moda em Roraima é desafiadora por ainda estar em crescimento, mas através de oportunidades e ideias inovadoras estamos…”estamos conseguindo chegar nas pessoas que trabalham na área ou são interessadas, para que elas conheçam mais e aprendam como fazer melhor”, declarou no final do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir »